POLÍTICA DO NÚCLEO

Este espaço foi criado e autorizado pela Sociedade de Veteranos de 1932, sede em São Paulo ( veja em Matérias Públicadas seu estatuto). Como um núcleo de pesquisas tem por objetivo investigar e trazer à memória de toda a sociedade sãopedrense a história da Revolução Constitucionalista de 1932, seus objetivos e os resultados. Por São Pedro 36 foram alistados, sendo 27 natos, inclusive meu pai.Dentre os enviados um faleceu em combate ao socorrer um amigo baleado e por esse ato de bravura é o expoente deste grupo de heróis: José Augusto Frota Escobar. Cerca de 16 colaboradores locais na retaguarda também estiveram ligados ao movimento. Todos devem ser devidamente honrados meste espaço, a partir das suas biografias que devem ser preparadas por suas famílias . São heróis sao-pedrenses. Insistimos que haja rigor com a verdade dos fatos, devendo ser relatados aqueles que tenham alguma possibilidade de serem comprovados por relato próprio em diário, carta, correios de guerra, livros e provas documentais. Evite relatar fatos não comprováveis, para não entrar em choque com o relato das biografias dos demais combatentes e colocar o relato em risco. A responsabilidade das informações será plenamente atribuída ao seu autor cujo nome deverá acompanhar a publicação neste espaço.

Contato:

João Francisco de Aguiar
Presidente
-e-mail: jfaguiar@uol.com.br








sexta-feira, 23 de maio de 2014

23 de Maio de 2014: um novo "Monumento ao MMDC" ?

/no dia 23 de Maio de 1932 um grupo de estudantes, a maioria de direito da Faculdade  do Largo de são Francisco, iniciou um movimento popular que foi engrossando-se, clamando por uma nova Constituição Federal, O cortejo popular atravessou o Viaduto do Anhangabaú  e prosseguiu rumo à Praça da República, pela Rua Barão de Itapetininga. Ali chegando alguns decidiram subir por fora em um prédio onde situava-se o comité do partido do então presidente Getúlio Vargas. Provavelmente assustados os que estavam no comitê receberam os protestantes com balas. O movimento que até então era pacífico torna-se um "tiroteio", vários morreram nesse dia, fala-se em mais de 10, seja  os feridos e mortos no dia, sejam os feridos no dia mas mortos nos dias seguintes. Dentre estes mortos 4 tornaram-se famosos porque sobressairam-se no movimento, eram  populares e não estudantes de direito como muitos pensam. Seus nomes Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, cujas iniciais deram origem à sociedade secreta MMDC, que a partir daí iria participar ativamente na organização da Revolução de 1932
 As três datas mais importantes para a Revolução de 1932 são o dia 23/05/1932 ( comemora a criação do MMDC, chamado dia Dia da Juventude Constitucionalista". Depois o 9 de Julho de 1932, marcando o início da revolução e o dia 03 de Outubro de 1032, marcando o dia do cessar fogo com a rendição dos paulistas, face à grande superioridade dos legalistas seja em pessoas (as tropas treinadas que serviam os interesses do presidente Getúlio Vargas eram o triplo das paulistas, semi-treinadas, a maioria voluntários), seja em armas, seja em munições, seja em roupas e alimentos, etc    

UM MONUMENTO AO MMDC NA PRAÇA DA REPÚBLICA.
Passando pelo local no início deste ano eu entrevistei algumas pessoas mais idosas, que confirmaram o ocorrido e mostraram-me o prédio onde tudo teria ocorrido. Soube então que turistas  estrangeiros procuram o local para saber o história e nada acham. Por isso decidi  sugerir ao Coronel Ventura um marco no local. O Cel Ventura de imediato me animou e sugeriu que eu falasse  com o  vereador Coronel Telhada, este também gostou da idéia e já entrou com um pedido na sub-prefeitura do local. Agora aguardamos ansiosamente que seja ali erigido um monumento ao MMDC..